quarta 16 abril 2014 . 21:34 . Atualizado às 21:24

notícias/Economia

RSS

Greve de empregados de bancos obrigou população a buscar alternativa de atendimento.

Manaus - Alternativas à greve dos bancários, as 65 casas lotéricas viram o movimento de clientes pelo menos duplicar nos últimos dias. A busca é por serviços bancários que, muitas vezes, não são oferecidos nestes estabelecimentos, a exemplo de pagamento de certos tributos federais e multas de trânsito.

Desde o último dia 29, quando iniciou a greve dos bancários, que conta com a adesão de cerca de 1 mil trabalhadores, segundo o sindicato da categoria, os clientes de bancos e beneficiários de programas de governo têm recorrido às casas lotéricas, enfrentado longas filas e, algumas vezes, voltado para casa sem antendimento.

Segundo a proprietária da Lotoshopping, no Amazonas Shopping, Eliana Fernandes, o movimento nesta época do ano já costuma ser grande, devido à variedade de impostos com vencimento entre setembro e novembro, mas está pelo menos 30% maior agora, por conta da greve. “Muitas pessoas têm nos procurado para pagar o Darf (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), que venceu no dia 30, mas nós não realizamos este serviço”, disse.

De acordo com Eliana, alguns documentos, como o Darf e multas de trânsito, não são cobertos por convênios com a rede lotérica e, por isso, não são aceitos nesses locais.

O limite de saques e depósitos também têm sido um entrave para quem busca as casas lotéricas para serviços bancários.  No caso da Caixa, que conta com a maior adesão à greve, essas movimentações têm um limite máximo de R$ 1 mil.

Segundo o proprietário da lotérica Tocantins, Geraldo Antônio, pagamentos com valor acima do permitido têm sido o problema mais comum entre seus clientes. “Empresários que não pagarem seus impostos programados nos bancos, terão que pagar juros, pois não podemos receber valores muito grandes, até por segurança”, disse.

A estudante Karla Lemos procurou a lotérica para pagar a fatura de seu cartão de crédito, mas não conseguiu realizar o serviço, pois o valor era maior que o permitido. “Fui ao Centro para tentar pagar no banco, mas todas as agências estão com faixas de greve nas portas. Nas lotéricas as filas estão quilométricas e ainda descubro que não poderei pagar minha conta”, reclamou.

A proprietária da Loteria do Parque, Cassilda Rocha, esclarece que as casas lotéricas não recebem documentos vinculados ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran), como taxa de primeira habilitação e multas, nem a taxa referente a emissão de passaportes. Segundo ela, os serviços do Detran podem ser feitos em qualquer agência dos Correios e os pagamentos de Darf e taxas de passaportes só podem ser feitos no Banco do Brasil.

No D24am.com, você pode comentar também a partir das redes sociais mais populares. Você só precisa logar-se na rede de sua preferência. Todos os comentários serão moderados pelo D24am.com

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do d24am.com. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.