sexta 18 abril 2014 . 09:07 . Atualizado às 09:00

notícias/Amazonas

RSS

Afonso Lins disse que não deixará a superintendência do Dnit sem entregar a BR-319 totalmente recuperada. Órgão disponibilizou R$ 400 milhões para obras no AM.

[ i ] Recuperação da BR-319 vem sendo prometida desde 2004, quando Alfredo Nascimento assumiu o Ministério dos Transportes. Foto: Chico Batata/ Acervo-DA Recuperação da BR-319 vem sendo prometida desde 2004, quando Alfredo Nascimento assumiu o Ministério dos Transportes.

Manaus - O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antonio Pagot, afirmou, ontem, que em 2013 a BR-319, estrada que liga Manaus a Porto Velho (RO), deve estar completamente restaurada.

As declarações foram feitas durante a cerimônia de posse do novo superintendente regional do órgão, o engenheiro Afonso Lins. “Estamos na última etapa do licenciamento ambiental e precisamos apenas de dois verões para concluir as obras”, afirmou. De acordo com Pagot, o Dnit deve concluir, ainda este ano, os estudos de impactos ambientais para apresentar ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais

Renováveis (Ibama). “É o terceiro estudo que entregamos ao Ibama. Estamos cumprindo todas as exigências ambientais: a reserva ambiental com 12 milhões de hectares foi criada, assim como todos os programas básicos necessários foram concluídos”, afirmou.

Segundo o novo superintendente apenas para o Amazonas, o Dnit disponibilizou R$ 400 milhões para obras de infraestrutura em portos e estradas. Questionado sobre sua meta prioritária no cargo, Lins afirmou que não irá deixar a superintendência do órgão sem entregar a BR-319 totalmente recuperada.

De acordo com informações do Ministério do Transporte, o investimento da obra é projetado em R$ 690 milhões para a pavimentação de toda a rodovia. Além desses recursos, o Ministério dos Transportes já disponibilizou R$ 72 milhões, sendo R$ 38,6 milhões para o Exército demarcar e sinalizar todas as unidades federais e estaduais de conservação ambiental, além de projetar e construir os postos de fiscalização.

Tags

No D24am.com, você pode comentar também a partir das redes sociais mais populares. Você só precisa logar-se na rede de sua preferência. Todos os comentários serão moderados pelo D24am.com

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do d24am.com. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.