quinta 24 abril 2014 . 05:22 . Atualizado às 04:00

notícias/Amazonas

RSS

O industriário René Bandeira Vieira seguia no sentido bairro-centro, quando perdeu o controle e foi parar embaixo de uma carreta, que vinha no sentido contrário.

[ i ] Motoqueiro foi parar embaixo das rodas da carreta Foto: Carla Albuquerque Motoqueiro foi parar embaixo das rodas da carreta

Manaus - O condutor de uma moto de placa JXL-3054, identificado  como René Bandeira Vieira, de 26 anos, foi esmagado pelas rodas de uma carreta, de placa HWX-6490, por volta das 8h15 de hoje, na Av. Buriti, Distrito Industrial, zona Sul de Manaus, próximo ao Studio 5 Festival Mall.

De acordo com depoimentos de testemunhas, o motoqueiro seguia no sentido bairro-centro, quando ia passando no sinal amarelo do semáforo. Ele freou, bateu em outra moto e acabou perdendo o controle, indo parar debaixo da carreta, que vinha passando no sentido contrário. O motorista da carreta, Elson Alfaia Mendonça Jr., afirmou que ainda tentou frear, mas o motoqueiro caiu entre os pneus e ainda foi arrastado por cerca de 50 metros, até a parada completa da carreta. "Não tive culpa", garantiu o motorista aos policiais.

René Bandeira Vieira era industriário e estava indo para o trabalho, na fábrica LG.

O corpo do motoqueiro ficou completamente destruído por conta do impacto do acidente. O impacto foi tão forte que, mesmo utilizando capacete,  a cabeça dele foi esmagada. Restos cerebrais de René  ficaram perto do corpo dele, enquanto as vísceras do motoqueiros estavam a mais de dez metros do local onde o corpo ficou. Até as 9h15, o corpo de René ainda estava sendo retirado do local.

 

No D24am.com, você pode comentar também a partir das redes sociais mais populares. Você só precisa logar-se na rede de sua preferência. Todos os comentários serão moderados pelo D24am.com

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do d24am.com. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.