sábado 19 abril 2014 . 08:57 . Atualizado às 08:38

notícias/Amazonas

RSS

A partir das 17h, no Parque do Idoso, os casais, vestidos a caráter, estarão reunidos com seus convidados e autoridades municipais chamados a prestigiar o evento, para legalizar a união estável diante de um juiz de paz.

Manaus - A Prefeitura de Manaus realiza este sábado a primeira edição do projeto Casamento Coletivo a “Hora do Sim”, que vai promover a união civil e religiosa para 250 casais de baixa renda que, há muito, esperavam regularizar a vida em comum perante a sociedade.

A partir das 17h, no Parque do Idoso, os casais, vestidos a caráter, estarão reunidos com seus convidados e autoridades municipais chamados a prestigiar o evento, para legalizar a união estável diante de um juiz de paz. Toda a cerimônia será realizada sem custo algum para os noivos, que receberão a certidão de casamento e ainda terão um baile romântico com direito a show musical, bolo de três andares, doces, salgados, fotos personalizadas e kit festa.

Segundo o titular da Semasdh, Sildomar Abtibol, depois de um longo período sem promover um casamento coletivo, o projeto voltou com força total e teve uma grande procura e deverá ter sua segunda edição ainda este ano.

Abtibol explica que o processo para triagem dos interessados em participar do projeto se deu a partir dos Centros de Referência da Assistência Social, os CRAS, onde cadastros definiram o perfil de famílias de baixa renda. Com o término do processo de triagem, aqueles que atendiam aos critérios socioeconômicos participaram de uma oficina com palestras e orientações sobre o casamento civil.

Entre os temas abordados estavam “Como Evitar a Violência na Família”, “As Atribuições do Noivo e da Noiva – Os Direitos e Deveres no Casamento” e “Planejamentos Familiar e Espiritual”.

No D24am.com, você pode comentar também a partir das redes sociais mais populares. Você só precisa logar-se na rede de sua preferência. Todos os comentários serão moderados pelo D24am.com

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do d24am.com. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.