quinta 17 abril 2014 . 15:25 . Atualizado às 15:08

notícias/Amazonas

RSS

O avião iria até o Aeroporto Eduardo Gomes para abastecer e seguir viagem para o interior do Estado, mas caiu minutos depois de decolar, depois de bater na fiação elétrica.

[ i ] Bombeiros estão no local para tentar resgatar o corpo do piloto. Foto: Sandro Pereira Bombeiros estão no local para tentar resgatar o corpo do piloto.

Manaus - Um avião Caravan, prefixo PT-PTB, da empresa Cleiton Taxi Aéreo, caiu em um terreno perto da avenida Torquato Tapajós, próximo ao depósito da Ramsons, logo depois de levantar voo do Aeroclube de Manaus, por volta das 6h15. Conhecido como Comandante Almeida, o piloto Antonio José de Almeida Maia, de 56 anos, morreu na hora.

Segundo informações de testemunhas, o avião iria até o aeroporto Eduardo Gomes para abastecer e voltar para a base, mas caiu minutos depois de decolar, após bater em um poste. O vigilante da Ramsons, Arildo Ribeiro, de 27 anos, foi uma das testemunhas do acidente. De acordo com ele, assim que o avião decolou começou a perder altitude. "Corri com o extintor de incêndio na mão para tentar apagar o fogo, mas o avião não explodiu. Ele bateu nos fios de alta tensão e deu um curto-circuito. O mato chegou a pegar fogo mas eu apaguei com o extintor", afirmou ele.

Segundo Arildo, por muito pouco o avião não atingiu os carros na avenida Torquato Tapajós. O vigilante afirmou que o avião foi perdendo altitude e passou cerca de cinco metros acima dos carros que trafegavam na via.

Por volta das 7h, o Corpo de Bombeiros conseguiu retirar o corpo do piloto Antonio José de Almeida Lima do local. Ele foi levado para o Instituto Médico Legal.

No local, também estão oito investigadores do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa-VII). De acordo com eles, ainda não há previsão de quando sairá o laudo explicando as causas do acidente, uma vez que eles ainda estão colhendo todo o material necessário para a apuração.

Parte da Avenida Torquato Tapajós ficou sem energia elétrica, mas o fornecimento já foi reestabelecido em alguns locais. Funcionários da Eletrobras Amazonas Energia seguem no local para resolver o problema de maneira definitiva. Escolas suspenderam as aulas nas ruas próximas ao local para evitar que alunos se sentissem ameaçados com a queda do avião.

Outro acidente

No dia 13 maio de 2010, um acidente com uma aeronave alugada pela Cleiton Táxi Aéreo matou seis pessoas em Manaus. No acidente com o Táxi aéreo Embraer EMB-810C Seneca II, prefixo PT-TUJ, todas os cinco passageiros e um piloto que estavam a bordo morreram carbonizadas.

Uma das pessoas mortas no acidente era a secretária de Educação do Amazonas, Cínthia Régia Gomes do Livramento. Todas as outras quatro vítimas eram funcionários da secretaria.

A Cleiton Táxi Aéreo foi fundada em 1995. 

No D24am.com, você pode comentar também a partir das redes sociais mais populares. Você só precisa logar-se na rede de sua preferência. Todos os comentários serão moderados pelo D24am.com

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do d24am.com. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.